Um General para ser lembrado e uma guerra para não ser esquecida

Velho General

Farinazzo-04.pngPor Robinson Farinazzo*

Baixar-PDF

Capa-PDF.jpgO general Carlos Alberto dos Santos Cruz durante missão próximo a Goma, cidade retomada pela ONU na República Democrática do Congo (Foto: MONUSCO/Sylvain Liechti).


“Eu procuro fazer as coisas de forma simples, focar no que precisa ser feito. Se começar a focar na dificuldade, ficar raciocinando na complexidade do problema, acaba perdendo tempo”, afirmou. “Há um planejamento, e temos que colocar em prática. Eu dou o rimo, de forma mais rápida, ou menos. Mas temos que andar pra frente, a coisa tem que ter dinamismo.”

(General de Divisão Santos Cruz)


Carlos Alberto dos Santos Cruz é um militar brasileiro. E um cidadão que o resto do mundo conhece (e reconhece) melhor que o seu próprio país.

No comando da missão de paz na República Democrática do Congo (MONUSCO) em 2013, estiveram sob sua coordenação de cerca de 23,7 mil militares de vinte países. Pela primeira vez desde…

Ver o post original 184 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s