O que torna grande um general?

Velho General

B-Top-720x75px-ADG.jpg

Farinazzo-04.pngPor Robinson Farinazzo*

Baixar-PDF


Assine o Velho General e acesse conteúdo exclusivo, conheça as opções.


CapaNapoleão retorna da Ilha de Elba, obra de Charles Auguste Guillaume Steuben.


Muitos são os atributos de um grande comandante de tropas: persistência, sensibilidade e implacabilidade, para citar apenas alguns exemplos. Mas há uma característica que todos eles compartilham: levaram o seu aperfeiçoamento profissional ao extremo. Essa é a base do sucesso em qualquer profissão.


Dada a repercussão positiva do vídeo do Canal Arte da Guerra, “Marechal Walter Model, o bombeiro de Hitler”, eu gostaria de fazer algumas colocações que complementam o vídeo.

Model era um oficial capaz e persistente, além de possuir uma energia fora do comum – atributos indispensáveis a um general de qualquer exército. Mas outras qualidades também são muito importantes para se moldar um eficiente líder militar.

Grandes comandantes conseguem ler o campo de batalha com precisão, tirando o…

Ver o post original 363 mais palavras

Nota de Esclarecimento: Marinha do Brasil

Velho General

B-Top-720x75px-ADG.jpg

Baixar-PDF


Assine o Velho General e acesse conteúdo exclusivo, conheça as opções.


Capa


MARINHA DO BRASIL

CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Brasília-DF.

Em 27 de julho de 2020.

Em relação à matéria “Por que o Brasil está deixando a força-tarefa da ONU no Líbano” publicada no site da “Crusoé” domingo (26), a Marinha do Brasil (MB) esclarece que a decisão de encerrar o envio de navios e aeronaves para a Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM- UNIFIL), diferente de uma “guinada diplomática”, foi realizada mediante análise político-estratégica envolvendo setores do Ministério da Defesa e Ministério das Relações Exteriores (MRE), há mais de um ano.

Em julho de 2019, a MB apresentou, formalmente, ao Ministério da Defesa (MD), a proposta para encerrar o emprego de navios e aeronaves na FTM-UNIFIL, considerando, além de aspectos estratégicos, operacionais e logísticos, o previsto na Política Nacional de Defesa (PND)…

Ver o post original 144 mais palavras

A liderança no nível político

Velho General

B-Top-720x75px-ADG.jpg

Cel-Paulo-Filho.pngPor Paulo Roberto da Silva Gomes Filho*

Baixar-PDF


Assine o Velho General e acesse conteúdo exclusivo, conheça as opções.


CapaImagem: Unsplash/Jehyun Sung.


Neste artigo, publicado originalmente no EBlog, o blog do Exército Brasileiro em julho de 2017, o coronel Paulo Filho discorre sobre as características esperadas de uma boa liderança política em contraposição aos chamados “salvadores da pátria”.


Os jornais mais importantes do País têm dedicado diversos editoriais e textos de opinião, nos quais se diagnostica a ausência de lideranças políticas capazes de “aglutinar sentimentos, representar vontades, promover consensos e levar adiante projetos que ultrapassem os interesses particulares”. Atesta-se, portanto, repetidas vezes, a falta que os líderes fazem ao Brasil nesse momento de gravíssimas dificuldades políticas, econômicas e sociais.

Realmente, não há exemplos na história recente do Brasil de um momento em que lideranças políticas fossem tão escassas, tão difíceis de ser apontadas. Pretensas lideranças foram engolfadas por escândalos e…

Ver o post original 569 mais palavras

A maneira mais inteligente de lidar com sites e canais de vídeo que você não gosta

Velho General

B-Top-720x75px-ADG.jpg

Farinazzo-04.pngPor Robinson Farinazzo*

Baixar-PDF


Assine o Velho General e acesse conteúdo exclusivo, conheça as opções.


CapaImagem: Daria Nepriakhina/Unsplash.


Uma coisa é certa: se você quiser favorecer o crescimento de uma mídia que admira, é mais inteligente divulgar as matérias que você gosta do que atacar as que te desagradam.


Independentemente de sua visão de mundo, opção política ou razões morais, sempre haverá publicações que vão te revoltar. Indignado, você entra no site (ou canal do YouTube, página do Facebook etc.), escreve seus protestos, compartilha com amigos e familiares, enfim, faz o maior escarcéu.

Bom, eu tenho uma má e uma péssima notícia para essa sua atitude: a má é que seu protesto ou seu dislike não vão prejudicar o veículo. A péssima é que você está lhe dando audiência, a qual se traduz em dinheiro e desta forma ajudando pessoas com as quais não concorda e cujos padrões morais e…

Ver o post original 347 mais palavras

Guerras Brasílicas do século XXI: soluções táticas nas pequenas frações

Velho General

B-Top-720x75px-ADG.jpg

Icone-Logo-Menelau.pngPor Henrique de Oliveira Mendonça*

Fonte: Military Review 75, nº 2, Edição Brasileira (Segundo Trimestre 2020), p. 15-24, https://www.armyupress.army.mil/Journals/Edicao-Brasileira/Arquivos/Segundo-Trimestre-2020/Guerras-Brasilicas-do-Seculo-XXI/.


Baixar-PDF


Assine o Velho General e acesse conteúdo exclusivo, conheça as opções.


CapaOs aglomerados subnormais possuem variadas dimensões e conformações. Podem, por exemplo, ocupar terrenos planos ou elevações íngremes, além de possuir uma infinidade de vias de acesso, inclusive marítimas. (Foto: Wikimedia Commons/Adam Carter/CC BY-SA 3.0).


O combate às facções criminosas é uma experiência importantíssima no desenvolvimento de técnicas, táticas e procedimentos frente aos desafios representados por novas ameaças e atores. As tropas brasileiras demonstraram astúcia e flexibilidade na adaptação a esse desafio, e sua flexibilidade remonta às Guerras Brasílicas da história colonial.


Na formação normal […] levava-se em conta o terreno livre, de amplos espaços para o desenvolvimento dos combates e da evolução das brigadas, pois tinham como base a formação de duas linhas […]. No entanto, nas…

Ver o post original 4.686 mais palavras