O Século XXI é o fim da era do Porta-aviões?

Velho General

Sochaczewski.pngPor André Gabriel Sochaczewski*

Baixar-PDF


Apoie o Velho General: contribua com a manutenção do blog, conheça as opções.


Capa-PDF.jpgO cruzador USS Princeton, o navio de reabastecimento USNS Guadalupe e o porta-aviões USS Nimitz participam de reabastecimento no mar; mais ao fundo, os destróieres USS Momsen e USS Preble acompanham a operação (Foto: US Navy/Mass Comm Specialist 1st Class Michael D. Cole).


Logo-VG-500px.pngOs porta-aviões são belonaves de fundamental importância para as marinhas das grandes potências. No entanto, seu alto custo de aquisição, manutenção e operação, representam um dilema real para o futuro das forças armadas que o utilizam – ou pretendem utilizar. O brilhante trabalho de pesquisa do CMG Sochaczewski examina a importância passada e presente dos porta-aviões, suas vantagens e riscos, fornecendo uma visão da aplicabilidade dessa plataforma até o final do século XXI e, talvez, trazendo subsídios à decisão de novos investimentos nessa classe de navio. Ao…

Ver o post original 18.634 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s